Especialistas em Direito Digital

Contato: +55 (11) 3075-2843

Truzzi Advogados
Como investir seguramente em criptoativos.

10 dicas para investir com segurança em criptomoedas e outros ativos financeiros

Este artigo também foi publicado no itforum. Acesse clicando aqui.

Com a crescente popularidade de criptoativos e outros investimentos financeiros, é importante estar ciente dos possíveis riscos associados a esses investimentos e aprender a evitar golpes e problemas financeiros. Neste artigo, apresentaremos 10 dicas essenciais para ajudá-lo(a) a investir de forma segura e evitar cair em golpes ou ter grandes prejuízos.

Assista também, no vídeo abaixo, as 10 dicas para investir com segurança em criptomoedas e outros ativos financeiros.


1. Verifique se a empresa corretora de investimentos possui autorização junto ao BACEN e à CVM.



Ao considerar investir seu capital em uma empresa de investimentos, verifique primeiramente se ela possui autorização específica do Banco Central (BACEN) e da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para fazer as transações. Se a empresa não estiver autorizada por essas instituições, pare por aí, pois ela estará operando ilegalmente.


2. Verifique o site da empresa e os nomes dos sócios.



Verifique quem faz parte da equipe técnica da empresa e veja se o site é “.com” ou “.com.br”.

Os sócios e a equipe técnica devem ser pessoas diferentes. Isso porque, por determinação do BACEN, o corpo técnico das corretoras de investimentos, que são as pessoas que operam as transações financeiras, não devem fazer parte do quadro societário da empresa.

Se o site for “.com”, isso pode indicar falta de transparência por parte da empresa, pois o site está hospedado fora do Brasil, muito provavelmente nos Estados Unidos. Há provedores estrangeiros que dão opções para que o usuário oculte as informações de registro do domínio

Se o site for “.com.br”, significa que ele está hospedado no Brasil, e você poderá acessar o site do Registro.br e consultar as informações dos responsáveis por esse domínio. Verifique se os responsáveis possuem ligação com o quadro societário da empresa.


3. Consulte o quadro societário da empresa no site da Receita Federal.



Consulte o site da Receita Federal para verificar se a empresa está regular e para conferir o quadro societário da empresa. Compare se os sócios que estão ali no quadro societário da ficha cadastral exibida pelo site da Receita Federal são as mesmas pessoas que constituem o quadro societário divulgado no site da empresa . Pesquise se há informações sobre o patrimônio declarado desses

sócios. Caso o patrimônio declarado seja muito baixo em relação ao volume de operação da empresa, isso pode ser um sinal de alerta.


4. Verifique se há processos judiciais contra a empresa.



Acesse o site do Tribunal de Justiça do seu Estado e do Estado onde a empresa é sediada e pesquise pelo CNPJ da empresa ou pelo nome dela na seção de consulta processual. Se houver processos judiciais públicos contra a empresa, ~pode ser um sinal de alerta. Acesse esses processos e veja do que se tratam.


5. Pesquise pela empresa no site do Procon e na internet em geral.



Pesquise o nome da empresa e seu CNPJ no site do Procon do seu Estado e em buscadores na internet para ver o que aparece nas redes sociais, no site Reclame Aqui e que tipo de informação chega até você. Se essas informações forem negativas, pode ser um indicativo de que algo ilícito ou irregular está ocorrendo. É importante seguir todas as dicas fornecidas para se precaver de problemas.


6. Verifique a reputação da empresa.



Pesquise sobre a reputação da empresa e veja se ela é confiável. Verifique a experiência de outros investidores e avalie se eles tiveram uma experiência positiva ou negativa com a empresa. Verificou todas as dicas até aqui, mas ainda não se sente seguro, então não invista seu dinheiro nessa empresa, até sanar todas as suas inseguranças.


7. Diversifique sua carteira de investimentos.



Evite investir todo o seu dinheiro em uma única empresa ou um único tipo de investimento. Diversifique sua carteira de investimentos para reduzir os riscos e aumentar as chances de obter bons retornos.


8. Analise a rentabilidade prometida.



Analise a rentabilidade oferecida pela empresa. Desconfie de promessas de retornos altíssimos em curto prazo, ou porcentagens acima do praticado pelo mercado, pois isso pode indicar um esquema de pirâmide financeira. É importante lembrar que quaisquer tipos de investimentos envolvem riscos e não há garantias de retorno.


9. Cuidados ao investir em empresas divulgadas por celebridades e artistas.



Não confie em uma empresa apenas porque uma celebridade ou artista a está divulgando ou aplicando seu capital ali, pois eles podem estar ganhando dinheiro com esta publicidade. É importante verificar o tipo de garantia que a empresa oferece aos clientes. Garantias em pedras preciosas ou apólices de seguro não são válidas juridicamente e não possuem liquidez, o que significa que a garantia deve ser dada em dinheiro líquido. A empresa precisa ter um capital grande reservado em dinheiro para operar e oferecer garantias líquidas aos seus clientes.


10. Pesquise, se informe, utilize a tecnologia à seu favor.



Se mesmo seguindo todas as 10 dicas do vídeo, você ainda se sente inseguro sobre investir, é recomendado conversar com um advogado especialista em área empresarial ou digital, ou com um consultor experiente em investimentos. É importante fazer sua pesquisa e buscar informações disponíveis gratuitamente na internet para tomar decisões corretas.

Investir em criptoativos, tais como criptomoedas e NFTs, é uma tendência do futuro da economia digital, porém é essencial que os usuários sejam responsáveis e utilizem a tecnologia a seu favor. Não culpe as ferramentas ou a tecnologia por eventuais problemas, mas assuma a responsabilidade e busque informações para tomar decisões seguras.


11. Conclusão



Investir em criptoativos e outros investimentos financeiros pode ser muito vantajoso, mas também pode ser arriscado. Por isso, é importante seguir as dicas apresentadas neste artigo para evitar problemas e golpes financeiros. Verificar a autorização da empresa junto ao Banco Central e à CVM, checar o site e os nomes dos sócios, consultar o quadro societário no site da Receita Federal, pesquisar se há processos judiciais contra a empresa, verificar a reputação da empresa, diversificar a carteira de investimentos, analisar a rentabilidade prometida, ter cuidado com empresas divulgadas por celebridades e artistas, e pesquisar e se informar são algumas das dicas que podem ajudar a investir de forma segura. É importante lembrar que investimentos envolvem riscos e que não há garantias de retorno, por isso é fundamental se informar e tomar decisões com responsabilidade e cautela.

O impacto da Tecnologia na Propriedade Intelectual: Tendências e desafios

O impacto da Tecnologia na Propriedade Intelectual: Tendências e desafios

Nos tempos modernos, a tecnologia tem promovido avanços revolucionários em todas as áreas da vida. E seu impacto no direito…

Dia Internacional da Proteção de Dados: regulação de IA é chave?

Dia Internacional da Proteção de Dados: regulação de IA é chave?

Advogadas especializadas em direito digital esclarecem sobre as discussões em todo o mundo sobre Inteligência Artificial por Déborah Oliveira Artigo publicado…

Navegando na Lei Digital: Um guia essencial para Startups de sucesso. 

Navegando na Lei Digital: Um guia essencial para Startups de sucesso. 

No mundo em constante evolução da tecnologia digital, startups ambiciosas e inovadoras são confrontadas com uma paisagem legal complexa. O…

Herança digital no âmbito de criptoativos e NFTs

Herança digital no âmbito de criptoativos e NFTs

Novos meios de transmissão de bens digitais Este artigo foi publicado originalmente no Portal IT Forum. A herança digital refere-se…

Leia Também…

Precisa de consultoria? Entre em contato